Céu e flores amarelas;

As lágrimas me impedem de enxergar algo além de dor. Na frente dos olhos o calendário faz lembrar que mais uma vez é feriado e nós não seremos felizes, porque também é teu aniversário, mas tu não estás.
Eu quero colo, e parece que tudo me emprurra pra fora.
Busco mãos, e nenhuma cheira a querosene. Nenhuma tem um dedão ralado. Ninguém mais me deixa descascar as ervilhas. Eu quero colo e fiquei grande. Quero colo e não te tenho.
Não… Deus quis assim, mas isso não significa que eu tenha que concordar… Discordar de Deus também não… Mas eu sou egoísta e minha condição humana não me dá a possibilidade de sair disso sem sentir falta.
São 20 anos de saudade.
Eu não quero mais morrer.